Pular para o conteúdo principal

Fui bem ali, conversar no Oiapoque


Estar na fronteira de um país com as dimensões do Brasil nos dá a possibilidade de entender o exato poder que a educação tem para transformar nossas diversas realidades. Depois de uma longa viagem por estradas não muito convidativas, a Roda de Conversa com a Reitora do Ifap chegou a Oiapoque para, como o nome do projeto já deixa claro, conversar com meus colegas docentes e técnicos administrativos e com nossos promissores estudantes do Campus Avançado localizado naquele município.



E quanta admiração tenho por essa equipe do Oiapoque. São servidores que fazem muito mais do que cumprir seu expediente, são servidores que colocam sempre aquele empenho adicional presente nas grandes realizações humanas. Por assim serem, óbvio que tinham também diversas demandas para nós da reitoria tomarmos ciência e encaminhar, da forma mais célere possível, as soluções.


De sua parte, nossos estudantes também demonstraram que estão atentos e comprometidos com a melhoria da infraestrutura do campus Avançado do Oiapoque. Isso ficou claro nas perguntas que fizeram. Muitas delas estavam bastante alinhadas com as proposições dos docentes e técnicos o que, na minha ótica, mostra como a comunidade escolar do Ifap em Oiapoque está coesa em seus objetivos e comprometida com a qualidade dos serviços que nossa instituição presta naquele município.

Ouvi, anotei e respondi perguntas que foram desde possibilidades de qualificação dos servidores com ofertas de vagas de mestrado/doutorado até a formas de viabilizar que a biblioteca do campus inicie o processo de empréstimo de livros naquela unidade. Algumas demandas temos condições de sanar imediatamente, outras pedem um pouco mais de estudo e uma equipe maior, mas a totalidade delas são merecedoras de minha atenção e empenho nos dias de trabalho que se seguem. Além de declarar esse compromisso só posso dizer, mais uma vez, obrigada Oiapoque!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para ver oportunidades na crise

Já circula entre nós há algum tempo a ideia de que um momento de crise é também um momento de oportunidade. Se, em teoria, essa máxima é até fácil de se entender, colocá-la em prática exige de nós uma energia e uma ousadia que, às vezes, nem imaginamos ser possuidores. Digo isso em referência a esses dias que temos vivenciado aqui em Brasília buscando mais apoio junto à Bancada Federal do Amapá para que, através de emendas, nossos possamos recompor o orçamento do Ifap para 2018, tendo em vista os cortes que o mesmo sofreu.
Trouxe na bagagem para enfrentar esse desafio, um detalhado mapeamento que nossos Diretores-Gerais fizeram junto com suas respectivas equipes identificando as principais demandas de cada uma das unidades do Ifap distribuídas em seis municípios do Amapá.
Não posso deixar de tornar público meus elogios a esse trabalho desenvolvido pela Diretora-Geral do campus Laranjal do Jari, Marianise Paranhos, que elencou como uma das prioridades para este campus a aquisição de u…

Campus agrícola de Porto Grande e campus Laranjal do Jari receberão recursos extras

O Ifap é uma instituição diversa. Boa parte do esforço que temos empreendido em nossas viagens a Brasília visa difundir essa ideia a toda a bancada federal do Amapá. Dentro dessa pluralidade, gostaria de destacar, na postagem de hoje, o nosso campus agrícola, que fica no município de Porto Grande. 

Ontem, foi um dia importantíssimo para a agricultura amapaense. Em reunião com o Deputado Federal André Abdon, na qual fui acompanhada pelo Diretor-Geral do campus Porto Grande Oséias Ferreira, firmamos o compromisso segundo o qual o parlamentar destinará para o Ifap, através de emenda, o valor de 1 milhão 137 mil. Esse recurso será destinado à aquisição de máquinas e equipamentos destinados à mecanização agrícola e implantação do setor de agroindústria naquele campus.
Esse passo é estratégico, a partir dessa modernização, nossa instituição ficará muito próxima de implantar sua fazenda experimental na qual nossos professores e estudantes poderão colocar em prática diversos projetos de exten…